Cuidados com o impacto da tecnologia sobre a saúde.

Cabeças sempre baixas e dedos movimentados freneticamente. A cena se repete a cada dia, independente do ambiente, seja em um consultório, na fila do banco ou até em estações de metrô. E é justamente esse comportamento comum a grande parte da população que tem gerado agravos na saúde. Segundo um levantamento recente feito pela Mind Miners, a pedido da Samsumg Brasil, entre 400 entrevistados, 94,8% disseram que usam o telefone mais de dez vezes por dia. Além disso, 64,3% dos respondentes afirmaram que o uso excessivo da tecnologia os afasta do contato físico.

Como consequência disso, algumas condições que afetam a saúde têm se tornado cada vez mais recorrentes. Veja algumas delas:

Nomofobia – O termo vem da abreviação do inglês no-mobile-phone + phobia, e se refere à angustia gerada pela impossibilidade de manter contato por meio do aparelho celular.

Síndrome Text Neck – Também com o termo em inglês, a síndrome do “pescoço de texto” atinge diretamente a coluna cervical em razão da inclinação prolongada do pescoço ao ler ou digitar no celular, sempre com a cabeça baixa.

Insônia -Outra atitude bastante comum é empregar horas no celular antes de dormir. O comportamento que parece inocente, no entanto, pode retardar a produção de melatonina, hormônio que induz o sono, em razão da emissão de luzes da tela do aparelho.

Como usar a tecnologia de maneira saudável?

A melhor maneira de garantir que a tecnologia seja usada de maneira adequada é utilizando-a de maneira equilibrada. Se você acha que também anda exagerando no tempo que tem dispensando ao uso do celular ou do computador, veja como mudar esse comportamento:

  • Defina um limite de tempo para navegação na internet;
  • Valorize as relações presenciais;
  • Evite o uso de celular na hora das refeições;
  • Desabilite as notificações do celular antes de ir dormir e evite o uso até 30 minutos antes de se deitar;
  • Jamais faça uso do celular quando estiver ao volante;
  • Atenção com a postura ao usar o celular ou notebook. É importante que a tela esteja sempre à altura dos olhos para evitar que a cabeça fique inclinada.

Fonte: Saúde Ativa

Faça uma cotação do plano de saúde da Amil para você, sua família ou sua empresa.

Cote Online: CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *