Síndrome de Burnout: Quando o esgotamento profissional vira doença.

Síndrome de Burnout: Quando o esgotamento profissional vira doença.
Trabalhar constantemente em ritmo de estresse excessivo, com pressão psicológica e muitas responsabilidades faz parte da sua rotina? Se sim, tenha cuidado. Uma vida profissional desgastante e sobrecarregada pode evoluir para problemas psicológicos, como a Síndrome de Burnout.
O termo “burnout” vem do inglês e significa literalmente “esgotamento”. A Síndrome de Burnout se trata de um esgotamento físico e mental intenso, com causas ligadas diretamente à vida profissional. É como se os estados físico e mental se rendessem à exaustão, entrando em colapso.
Fernanda Benquerer, médica psiquiatra da Diretoria de Serviços de Saúde Mental da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, explica que o diagnóstico da doença acontece, principalmente, identificando três características. “São três aspectos principais que devem ser observados: esgotamento emocional, distanciamento afetivo e perda de sentido de realização profissional. Normalmente, os profissionais de saúde são os mais afetados pela Síndrome de Burnout, mas outras profissões também estão bastante suscetíveis a ter esse tipo de doença, como profissionais de comunicação e professores. Porém, vale lembrar que qualquer profissional pode apresentar esse tipo de doença”, esclarece.

Tratamento:
Ter apoio profissional é fundamental para o sucesso no tratamento. Fernanda Benquerer, explica que o tratamento da Síndrome de Burnout é feito sobretudo com psicoterapia e medicação para os sintomas. “O tratamento é realizado de acordo com o que a pessoa está sentindo no momento, o que pode variar muito. Normalmente, são utilizados medicamentos para tratar a ansiedade, depressão e insônia, quando é necessário. Além disso, o acompanhamento com um psicólogo é essencial”, esclarece.
O tratamento para problemas relacionados a transtornos mentais é oferecido de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), ou pelo plano de Saúde privado.

Como prevenir a Síndrome de Burnout?
A melhor forma de prevenir a Síndrome de Burnout são estratégicas que dimunuam o estresse e a pressão no trabalho. Condutas saudáveis evitam o desenvolvimento da doença, assim como ajudam a tratar sinais e sintomas logo no início.
7 dicas para prevenir a Síndrome de Burnout
– Defina pequenos objetivos na vida profissional e pessoal.
– Participe de atividades de lazer com amigos e familiares.
– Faça atividades que “fujam” à rotina diária, como passear, comer em restaurante ou ir ao cinema.
– Converse com alguém de confiança sobre o que se está sentindo.
– Faça atividades físicas regulares. Pode ser academia, caminhada, corrida, bicicleta, remo, natação etc.
– Evite consumo de bebidas alcoólicas, tabaco ou outras drogas, porque só vai piorar a confusão mental.
– Não se automedique nem tome remédios sem prescrição médica.

Fonte: Portal da Saúde

Faça uma cotação do Plano de Saúde da Sulamerica para você, sua família ou sua empresa.

Cote Online: Clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *