5 Dicas para Aliviar as Cólicas de seu Bebê

Descobrir o porque do choro do bebê pode ser difícil, pode ser manha, pode ser fome e pode ser cólica, a tão temida cólica…. mas falaremos um pouquinho sobre ela e ainda daremos dicas de como aliviar a dor!!! Assim nem a mamãe nem o bebê sofrem!!!

O que causa a cólica no bebê?

As cólicas são mais frequentes dos primeiros 15 dias até 3 meses de vida!

Uma hipótese para que o bebê tenha cólica, é a dificuldade em lidar com o alimento pela primeira vez. O corpo precisa de um tempo para acertar o ritmo dos movimentos peristálticos. Enquanto esse ajuste não acontece, o bebê pode sofrer com as dores.

Até o sexto mês de vida, a criança deve ser alimentada — exclusivamente — com leite materno. Isso significa que chás, água ou sucos estão fora de cogitação — até para lidar com as cólicas.

Abaixo, cinco dicas de como amenizar a dor de seu filhete:

  1. Acerte a posição da mamada

O bebê pode engolir ar junto com o leite materno durante as mamadas. Assim, fique atento à posição do pequeno durante a amamentação. Tente posicioná-lo em um ângulo mais inclinado. E lembre-se sempre de colocar o bebê para arrotar depois de cada mamada.

  1. Faça massagens na barriguinha

Com o recém-nascido deitado de barriga para cima, você pode massagear a barriga com movimentos circulares. Para facilitar o movimento, o ideal é usar um óleo apropriado para bebês.

  1. Faça exercícios no bebê

Movimentar o corpinho do recém-nascido pode ajudar a dissipar os gases. Uma boa maneira de fazer isso é deitando a criança de barriga para cima e fazer movimentos de dobrar e esticar as pernas, como se ele estivesse pedalando. Essa compressão vai ajudar a dissolver e soltar os gases.

  1. Deite-o sobre seu antebraço

Bebês com cólica costumam gostar muito dessa posição. Deite o recém-nascido de bruços sobre seu antebraço, enquanto faz movimentos circulares nas costas do seu filho. O carinho vai ajudá-lo a relaxar e a pressão na barriga ajuda a soltar os gases.

  1. Faça uma compressa quente

Passe uma fralda de tecido e aplique-a ainda quente sobre a barriga do bebê. Você também pode usar uma bolsa de água morna (sempre testando a temperatura antes para conferir se não está quente demais). O calor ajuda na vasodilatação, facilita o fluxo do sangue e relaxa os músculos.

Não existem evidências científicas que comprovam a relação entre a alimentação da mãe e a cólica dos recém-nascidos. Mesmo assim, muitas mulheres relatam que as dores nos pequenos aumentam dependendo de sua dieta.

Os principais alimentos que, segundo as mães, têm essa relação são:

  • laticínios;
  • cafeína;
  • chocolate;
  • pães e massas;
  • pimentão;
  • pepino;
  • melão;
  • frutas cítricas;

Esteja atenta a essa relação e, se identificar algum alimento que causa as dores, evite-o até o fim do período de amamentação.

Informe ao seu pediatra nas consultas de rotina se as cólicas forem frequentes e duradouras. Ele poderá te ajudar com orientações específicas para o alívio das cólicas. E tenha paciência! A dor é um tormento, mas tem fim!!

Responda nossa pesquisa sobre sua satisfação com seu plano de saúde, basta clicar no link abaixo:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdnIMCZGMTFPfhbaK9bYK5ZlVeQf3Sto3FyD4JWL1kajo9AQA/viewform

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *